Cenários de tendências para 2016

_21 jan 2016

tendencias_2016_

 

2015 foi um ano de grandes ações voltadas para o meio digital e redes sociais. Este ano, acreditamos que os usuários estarão cada vez mais em contato com as marcas através da internet e isso exigirá trabalhos sempre mais relevantes ao consumidor. A experiência digital também é um fator importante, já que esses estão sempre conectados, aguardando respostas e interações das marcas.

Para sua empresa alcançar melhores resultados neste ano, fique atento as tendências abaixo e coloque-as em prática agora mesmo.

 

Conteúdo

Conteúdo de qualidade e relevância deve ser o principal foco. Posts relevantes nas redes sociais ou em blogs posicionam melhor a empresa, geram confiança e atraem usuários a uma marca que colabora oferecendo conteúdos interessantes e úteis para o seu público.

O conteúdo visual também ajudará a melhorar seu ranking de SEO, até mais do que as palavras-chave. As últimas atualizações do Google priorizaram materiais de alta qualidade e avaliaram o valor da informação do site a partir do tempo e cliques do usuário na página. Neste caso, infográficos e vídeos chamam mais atenção das pessoas, fazendo com que seu tempo de permanência aumente.

 

Personalização

Personalizar serviços e produtos é uma das chaves para conquistar clientes. Serviços como streaming de música que elaboram playlists exclusivas para cada usuário a partir dos últimos álbuns escutados ou sites que sugerem compras a partir da busca ou compras passadas tem sido elogiados e agradado os internautas. Independentemente do que será feito, o importante demonstrar que a marca conhece o seu público e tratar cada cliente como um indivíduo, não uma massa.

Com isso, a tendência é que o atendimento ao consumidor também seja cada vez mais humanizado, mesmo online, por meio de comentários, chats etc.

 

Trabalho integrado

O modo de trabalho interno nas companhias deverá ser mais integrado entre as equipes de Marketing e Estratégia. As ações serão pensadas para suprir necessidades online e off-line ao mesmo tempo. Ferramentas de automatização para disparo de e-mails, upload de matérias e mensuração de dados serão mais utilizadas para metrificação de resultados e aplicação em estratégias que contribuam para as duas frentes, on e off.

Além disso, a tecnologia wearable deve ter uma adoção de 28% este ano. Ou seja, mais informações poderão ser coletadas e utilizadas para segmentação de público em cada campanha com essa tendência.

  

Investimento

Propagandas estilo banners migrarão para a publicidade nativa. Em 2015, o gasto em anúncios nativos foi cerca de 11 milhões de dólares. Para 2016, projeta-se algo em torno de 17 milhões de dólares.

Enquanto isso, o custo de CPC aumentará, pois a cada ano se investe mais em publicidade digital. Países da América Latina e Estados Unidos chegaram a aumentar 30% o investimento nesse segmento nos últimos anos.

  

Formato

O formato mobile será a principal maneira de acesso à informação, ganhando o papel de primeira tela. Todos tipo de ação ou página deverá ser elaborada nos padrões e resoluções compatíveis para uma melhor experiência do usuário.

A produção de vídeos também continuará crescendo por ser uma comunicação mais fácil e visual. Atualmente, mais de 1 bilhão de vídeos são assistidos por dia no Facebook, sendo que mais da metade são visualizados por dispositivos móveis. As marcas devem continuar a dar destaque para esses materiais durante 2016.

 

Relacionamento com influenciadores de opinião

Ações com influenciadores serão mais fortes no próximo ano. Mas aqui não cabem apenas celebridades, mas sim donos de fanpages, canais no YouTube e estrelas Instagram que são populares em cada nicho específico. A indicação dessas personalidades e o alto índice de adesão mostra que o consumidor tem mais confiança em indicações de páginas que ele já conhece e de pessoas que se mostram mais “próximas”.

 

 

Segundo a Cisco, nos próximos quatro anos teremos 50 bilhões de dispositivos conectados à rede, ou seja, sete vezes mais do que a população atual. As pessoas estarão em vários dispositivos ao mesmo tempo, fazendo diferentes interações. Por isso, é fundamental que as empresas e marcas estejam ligadas em tendências e novidades tecnológicas. Não deixe esses tópicos de fora do seu planejamento estratégico para 2016. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mídias Sociais

Curte Azul

Contatos comercial@agenciaazul.com.br

Rio de Janeiro

Agência Azul

_ Rio de Janeiro

55. 21. 2521-0045

Rua Santa Clara, 70 / Sala 503
Copacabana, Rio de Janeiro - RJ
Brasil, BR CEP 22041-012

São Paulo

Agência Azul

_ São Paulo

55. 11. 2599-8432

Rua Alexandre Dumas, 1711 - 5º andar
Santo Amaro, São Paulo - SP
Brasil, BR CEP 04717-004

Proxima Sessão Sessão Anterior Início